mark, marker, hand-516277.jpg

7 erros na gestão agrícola e como evitá-los!

A adequada gestão agrícola é indispensável na condução dos trabalhos no agronegócio. Toda fazenda precisa ser bem gerenciada a fim de que sua produção seja competitiva, com qualidade e produtividade que conquistem o seu espaço no mercado.

Ao longo do caminho, no entanto, muitos erros podem ser cometidos e colocar em risco os resultados tão almejados pelo produtor. Conhecê-los é o primeiro passo para se distanciar deles.

Continue a leitura e descubra 7 erros na gestão agrícola e como evitá-los.

1. Planejamento superficial ou ausente

A produção resultante dos trabalhos na fazenda, para encontrar o seu espaço no mercado e ser competitiva, precisa ter qualidade e um bom desempenho. Esses requisitos, como em qualquer negócio, são ainda mais importantes quando se trata do agronegócio.

Assim, a produção agrícola precisa ser planejada e acompanhada durante todo o processo. Quando chegar a entressafra, deve-se começar tudo novamente. A falta de cuidado com o planejamento, ou até mesmo a sua ausência, pode inviabilizar o negócio ou torná-lo uma atividade sem os rendimentos que pode gerar.

2. Gestão financeira ausente

A gestão financeira deve começar a ser pensada ainda na fase inicial, ou seja, durante o planejamento das atividades produtivas. Nesse sentido, a utilização dos recursos na produção agrícola deve ser muito bem planejada para que exista equilíbrio entre o orçamento disponível e as despesas necessárias.

Na verdade, como o planejamento antecede os trabalhos, essa etapa irá definir quanto será necessário para a safra do ano seguinte. Já a partir daí o produtor deve iniciar os cuidados de gestão financeira, devidamente instrumentalizado para esse fim, evitando sempre que possível os registros em caderno ou planilhas manuais.

3. Controle de custos inexistente

Com o orçamento planejado e a gestão financeira implementada, cabe ficar de olho no controle de custos (tudo que se compra para a produção na fazenda). Não basta comprar o que está previsto no orçamento. É preciso sempre levar em conta se determinada despesa poderia ser dispensada.

No mínimo, o controle de custos deve restringir as despesas às previsões orçadas, mas com enfoque na redução dos valores ou mesmo na sua supressão quando não afetar as atividades necessárias. Todo controle de custos poderá ser essencial na definição da produtividade da fazenda. Desconsiderar esse cuidado pode ser um erro fatal para os negócios.

Você também poderá gostar de:

Long Story Short, I Can’t Install Windows 7 On Skylake Can I Get Some Help?

14 Best Registry Cleaner Software For Windows 10

The Ultimate Guide To Online Dating